fbpx

Garantia legal: você sabe o que é?

garantia legal - direito do consumidor

O Código de Defesa do Consumidor é a principal lei que norteia as relações de consumo e, portanto, devem os fornecedores (pessoa física ou jurídica) de produtos e serviços se atentarem as suas regras nas relações consumeristas.

Feita esta consideração inicial, uma das regras estabelecidas pelo Código de Defesa do Consumidor é a chamada GARANTIA LEGAL, que nada mais é do que um prazo garantido por lei ao cliente para que este possa reclamar de eventuais vícios existentes no produto/serviços (lembrando que esse vício pode ser aparente – fácil constatação, ou vício oculto – leva tempo para se constatar) perante o fornecedor.

Na prática significa dizer que o fornecedor não pode se recursar a cumprir esta norma, na medida em que esta possui caráter obrigatório, não podendo alegar qualquer escusa, pois ainda que diga que determinado produto/serviço não possui garantia, por lei, ele possui.

Contudo, quando a lei traz esta GARANTIA LEGAL, ela igualmente traz o prazo em que o consumidor poderá exercer seu direito de reclamação, podendo este prazo variar conforme o tipo de produto/serviço que foi adquirido, que pode ser considerado durável (por exemplo, televisão, dvd, rádio, máquina de lavar entre outros) ou não durável (por exemplo, um alimento). Vejamos o que a legislação dispõe acerca dos prazos de reclamação:

Art. 26. O direito de reclamar pelos vícios aparentes ou de fácil constatação caduca em:

I – trinta dias, tratando-se de fornecimento de serviço e de produtos não duráveis;

II – noventa dias, tratando-se de fornecimento de serviço e de produtos duráveis.

§ 1º Inicia-se a contagem do prazo decadencial a partir da entrega efetiva do produto ou do término da execução dos serviços.

§ 2º Obstam a decadência:

I – a reclamação comprovadamente formulada pelo consumidor perante o fornecedor de produtos e serviços até a resposta negativa correspondente, que deve ser transmitida de forma inequívoca;

II – (Vetado).

III – a instauração de inquérito civil, até seu encerramento.

§ 3º Tratando-se de vício oculto, o prazo decadencial inicia-se no momento em que ficar evidenciado o defeito.

Deste modo, você CONSUMIDOR precisa estar atento aos prazos estabelecidos pela lei, lembrando que você possui um prazo de 30 DIAS para reclamar de eventuais problemas com o serviço adquirido se ele for não durável, ou de 90 DIAS para reclamar de eventuais produtos/serviços duráveis.

Importante destacar que o PRAZO DA GARANTIA LEGAL começa a correr do recebimento do produto/serviço e, em se tratando de vício oculto, o prazo decadencial para que você consumidor possa reclamar inicia-se quando for verificado o defeito.

Por fim, é de sua importância ressaltarmos que havendo garantia prevista no contrato, esta deverá ser somada à garantia legal, ou seja, o prazo para que o consumidor possa reclamar de eventuais vícios do produto/serviço será ainda maior.

Fonte: Planalto

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Mais publicações

bancos digitais

Bancos digitais: solução ou problema?

A era digital está instalada e isso dispensa maiores esclarecimentos. Comércio eletrônico, marketplaces, contratos digitais, blockchain, tudo está “online” e nessa “onda” passaram a proliferar

detetive particular

Lei da Profissão de Detetive Particular

Você já se viu na necessidade de realizar uma investigação particular? Estar na situação de não ter conhecimento técnico para descobrir informações, com recusa de

Envie sua Dúvida

Envie seu Comentário