fbpx

Existe limite mínimo para compras efetuadas com cartão de crédito?

limite compras cartão de credito

Hoje vamos falar de uma prática muito utilizada tanto pelos estabelecimentos comerciais, como pelos prestadores de serviços, que é informar e exigir dos consumidores um limite mínimo de consumo, para que estes possam utilizar o cartão de crédito como forma de pagamento.

Tal prática embora muito corriqueira, é considerada pela legislação brasileira como sendo ilegal e abusiva conforme se verifica no artigo 39, inciso I e V, do Código de Defesa do Consumidor. Vejamos:

Art. 39. É vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, dentre outras práticas abusivas: (Redação dada pela Lei nº 8.884, de 11.6.1994)

I – condicionar o fornecimento de produto ou de serviço ao fornecimento de outro produto ou serviço, bem como, sem justa causa, a limites quantitativos;

[…]

V – exigir do consumidor vantagem manifestamente excessiva;

Desta forma, verificamos que o Código do Consumidor proíbe de forma expressa que os estabelecimentos comerciais e/ou prestadores de serviços, condicionem o fornecimento de um produto ou serviço a outro produto ou serviço, bem como proíbe que seja imposto ao consumidor, um limite quantitativo, sem que esteja presente a justa causa.

Isso porque, tal prática exige do consumidor uma vantagem manifestamente excessiva, pois ao impor uma consumação mínima nas compras realizadas no cartão de crédito, este acaba adquirindo produtos e serviços que talvez não estavam previstos em seu planejamento financeiro, apenas para se valer da facilidade de pagamento com o uso do cartão de crédito, ou seja, uma prática que revela uma venda “forçada”.

Importante destacar, que uma vez que a empresa adota como forma de pagamento a utilização do cartão de crédito, a mesma está obrigada a aceitar que o consumidor passe qualquer valor.

Aliás, convém destacar que nenhuma empresa ou prestador de serviço é obrigado a utilizar esse método como forma de pagamento e, sendo assim, uma vez que se utiliza, deve arcar com os encargos de taxas relativas ao uso do cartão.

Isto posto, caso o estabelecimento comercial/prestador de serviços exija um valor mínimo para compra no cartão de crédito, você enquanto consumidor poderá fazer valer seus direitos tanto na via administrativa como na via judicial, e assim evitar qualquer tipo de constrangimento ou abusos, tendo como fundamento e amparo, o próprio Código de Defesa do Consumidor.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Mais publicações

Envie sua Dúvida