fbpx

Como fica a situação da trabalhadora gestante durante a pandemia?

gestante na pandemia

A Lei nº 14.151 de 12 de maio de 2021, dispõe acerca do afastamento da empregada gestante das atividades de trabalho presencial durante a emergência de saúde pública ocasionada pela Covid-19.

A referida Lei garante a empregada gestante o direito de permanecer afastada das atividades presenciais de trabalho, sem que isso acarrete qualquer prejuízo em sua remuneração. Contudo, a empregada gestante deverá permanecer a disposição de seu empregador para exercer suas atividades em seu domicílio, seja por meio de teletrabalho, trabalho remoto ou outra forma que possibilite o exercício de seu trabalho à distância.

Deste modo, o intuito da referida Lei é o de garantir a mais ampla proteção tanto à gestante quanto ao nascituro, dos riscos da contaminação pelo Coronavírus, preservando à vida e à saúde dos envolvidos, ao mesmo tempo em que resguarda o emprego e a renda da trabalhadora, ao possibilitar que esta exerça suas atividades à distância sem qualquer prejuízo em sua remuneração.

Clique aqui para conferir a Lei na íntegra.

Fonte: Planalto

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Mais publicações

Envie sua Dúvida